sábado, 26 de junho de 2010

EDUCAÇÃO INFANTIL

"Ninguém liberta ninguém. Ninguém se liberta sozinho. As pessoas se libertam em comunhão."Paulo Freire


Educar, brincar e cuidar são tarefas pontuais, mas há questões além das possibilidades em nosso dia a dia...
É muito bom saber que não estamos sozinhos... Refletimos, debatemos e divulgamos inúmeras alternativas... Mas ainda estamos longe do efetivo e possível "Uma educação Infantil de qualidade" fomentada por toda sociedade e fica claro que não é só papel do professor...

NOTÍCIAS...

14/06/2010 - Seminário põe em debate o direito da criança ao ensino
São Paulo — A caracterização da educação como um direito das crianças brasileiras foi o tema predominante na abertura do Seminário Internacional sobre a Avaliação da Qualidade da Educação Infantil, nesta segunda-feira, 14. Promovido pelo Ministério da Educação e pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o encontro, que se realiza em São Paulo até terça-feira, 15, reúne 180 especialistas nacionais e internacionais, representantes de entidades de educação infantil e gestores educacionais.

Para a secretária de educação básica do MEC, Maria do Pilar Lacerda, a questão do direito das crianças à educação infantil ainda é frágil. “Não conseguimos ver a criança pequena como um sujeito de direitos, como um cidadão”, relata. Pilar também enfatizou que a escola de educação infantil não pode ter a mesma estrutura de uma de ensino fundamental. “É uma escola, mas é da infância”, disse. De acordo com a secretária, nos últimos anos houve avanços na educação infantil com a adoção de políticas públicas como o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), além do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos da Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância), que já investiu cerca de R$ 1,8 bilhão na construção de unidades de ensino.

Um dos objetivos do seminário é apresentar aos educadores a pesquisa Educação Infantil no Brasil: Avaliação Qualitativa e Quantitativa. A partir daí, abrir debate sobre a qualidade do ensino e sua influência no aproveitamento dos alunos no ensino fundamental. O estudo, elaborado pela Fundação Carlos Chagas entre 2009 e 2010, analisou 147 instituições de educação infantil de Belém, Campo Grande, Florianópolis, Fortaleza, Rio de Janeiro e Teresina.

Para auxiliar o trabalho dos municípios, responsáveis pelo atendimento na educação infantil, o MEC enviou uma série de publicações às secretarias de educação.

Fonte: Assessoria de Imprensa da SEB


MAIS... MAIS

ENSINO PÚBLICO

Fortaleza não cumpre plano de educação infantil

Clique para Ampliar

Qualidade do ensino ofertado nas creches é comprometida, devido a problemas de infraestrutura tanto dos prédios quanto da oferta de material pedagógico
NATINHO RODRIGUES

26/6/2010

Cedeca lança documento cobrando o repasse de verbas à educação conforme a Lei Orçamentária de 2010

Acesso precário, qualidade do ensino ofertado comprometida devido à falta de infraestrutura tanto dos prédios quanto da oferta de material pedagógico e de profissionais formam o quadro da Educação Infantil em Fortaleza. Aliás, a realidade não é muito diferente do resto do País que não vem cumprindo o Plano Nacional de Educação proposto em 2001. A meta era atingir, em cinco anos, 30% das crianças em idade entre zero e três anos; e, no intervalo de dez anos, 50%. No Brasil, o índice não chegou a 18% e, na Capital cearense, 10%.


"O caminho é longo a ser percorrido", admite Maria de Jesus Araújo Ribeiro, integrante do grupo gestor do Fórum de Educação Infantil do Ceará. A dificuldade ao acesso é ainda pior entre crianças de zero a três anos de famílias pobres.

"A falta de informação dos pais é outro agravante", reconhece, completando que em famílias com renda de até dois salários mínimos e com maior grau de instrução o acesso das crianças é maior.

veja a notícia na integra

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=805738

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Educação ambiental para entender a ponte

Uma Ponte... Estamos do lado da comunidade do Caça e Pesca, Praia, Duna, Rio, Mangue e uma variedade imensa de flora e fauna formam um rico eco sistema. Os moradores precisam de infinitas oportunidades sócio-educativas e sonhamos com dias melhores...


Para nós professores que já desenvolvemos um trabalho ( Projeto Resgate da Psicomotricidade Através dos Recursos Naturais) fica o entusiasmo, as sementes plantadas, podem sim!!!! Dar frutos! Crianças que aprendem de forma positiva, restaurar a emoção em dias de sol, luz e calor... Naturais como as paisagens, são as aulas que insistimos em recriar, em mentes e corações... Com alegria e criatividade.


ponte
Enviado por Dicionário inFormal (SP) em 01-08-2007.
Estrutura natural ou construída pelo homem que interliga duas porções de terra por sobre a água. Pode interligar, ainda, pontos de difícil acesso, como os dois lados de um precipício.
Diz-se também de qualquer tipo de ligação, de um modo geral, inclusive as inter-atômicas.
A ponte Rio-Niterói, com 13 km, é uma das maiores do mundo.

As pontes de Hidrogênio interligam as moléculas de água.




Estivemos com a equipe do Projeto GPontes conhecendo de perto todo o trabalho.
Trocamos informações, aprendemos e sonhamos... Sabendo da importância que a comunidade tem em participar e poder assumir seu papel de co-responsável pelo ambiente a qual se encontra inserido.


10/06/2010

Parceria entre a UFPR e o DNIT viabiliza ações em várias comunidades brasileiras


Desde o mês de outubro de 2009, a UFPR assumiu, com destaque, a aplicação de um grande projeto de extensão nacional, o programa "Gpontes" (Programa de Gestão Ambiental de Obras de Implantação de Pontes em Rodovias Federais)

A iniciativa é uma parceria do Departamento de Transportes do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), com a colaboração do Programa de Meio Ambiente e Desenvolvimento da UFPR (MADE) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O objetivo do projeto é cumprir as condicionantes para a emissão das licenças ambientais requeridas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Uma equipe interdisciplinar desenvolveu a atividade, é composta de professores e pesquisadores das áreas de Engenharia, Sociologia, Pedagogia, Biologia, Química, Direito, Designer, Comunicação Social, além dos estudantes de Graduação e de Pós-Graduação do Curso de Especialização em Educação Ambiental, Meio Ambiente e Desenvolvimento (MADE).

"Gpontes" ─ Outra intenção do "Gpontes" é oportunizar práticas socioeducativas ambientais e de ecoformação. A finalidade dessas propostas é possibilitar a diminuição dos impactos ambientais negativos que atingem as populações ribeirinhas com a construção das pontes. O grupo de profissionais trabalha então com as comunidades das regiões atingidas, respeitando a cultura de cada localidade.

Assim, as equipes já efetuaram a primeira campanha nos locais de construção das pontes como os rios Araguaia (Rondônia- Pará); Itacutu (Roraima- Guiana Inglesa); Cocó (Ceará), São Francisco (Bahia-Minas Gerais, Bahia-Pernambuco, Bahia). Na próxima etapa serão também incluídos os rios Madeira (RO), Jaguaribe (Ceará) e Paraná (São Paulo - Mato Grosso do Sul).
Preocupações ─ Alguns dados obtidos das comunidades carentes revelam preocupações socioeducativas no sentido de buscar melhorias referentes à escolaridade e a renda familiar: cinco por cento sem escolaridade, 18 por cento tem o Ensino Fundamental completo, 39 por cento o Fundamental incompleto, 30 por cento possui o Ensino Médio completo, três por cento o Médio incompleto, sete por cento tem o Ensino Superior e sete por cento teve acesso à Pós-Graduação.

Quanto à renda, os dados comprovaram que percebem até R$ 500, 55 por cento das famílias, entre R$ 501 e R$ 1.000, 19 por cento e acima de R$ 1.000 totalizam 26 por cento. A faixa etária média dos entrevistados é de 40 anos, conforme o diagnóstico realizado entre janeiro e fevereiro de 2010. As ações desenvolvidas permitiram atingir, em um período de três meses, um total de 1.967 participantes, na maioria pessoas carentes de informação, infraestrutura e proximidade humana e social.

Atividades - Nos locais onde foram implantados os Programas de Educação Ambiental e Comunicação Social, os participantes tiveram acesso às reuniões públicas com atores sociais como prefeitos, vereadores, secretários, funcionários do DNIT, militares, religiosos e a comunidade em geral. Ainda outras atividades complementaram o programa: oficinas sociopedagógicas ambientais com estudantes e professores, palestras e outros materiais didáticos.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 9976 - 0037, com a professora Gilza Fernandes Blasi do Departamento de Transportes.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Universidade Federal do Paraná

http://www.universia.com.br/noticia/materia_dentrodocampus.jsp?not=56723



"A grandeza do homem consiste em que ele é uma ponte e não um fim; o que nos pode agradar no homem é ele ser transição e queda."
-- Friedrich Nietzsche

FAZENDO COM AMOR!!!!!!

FAZENDO COM AMOR!!!!!!

EDUCAR E BRINCAR...

PROJETO RESGATE DA PSICOMOTRICIDADE ATRAVÉS DOS RECURSOS NATURAIS.

TRAILERS - SLIDES - •Documentários, Entrevistas

EDUCAÇÃO - AMBIENTE - DESENVOLVIMENTO - POLÍTICA - ATITUDE - CULTURA 

NOSSOS MESTRES NA LITERATURA INFANTOJUVENIL

A voz do autor no rádio...

Falar e ouvir... uma questão pessoal...

Um pouco de sua história...

Conversando com autores...

Tatiana Belinky, a escritora que queria ser Emília...

Histórias que nos acompanham...

PAI DA TURMA DA MÔNICA...

Uma contadora especial...

Histórias para ouvir e contar... O clássico mundial A Árvore Generosa.

A ARTE DE CONTAR HITÓRIAS...

A História Mais Longa do Mundo (adaptação)

História Marcelino Pedregulho (adaptação)

Divirtam-se... CRIANÇAS.

Projeto UCA

CAMINHO JOVEM... ESPERANÇA!!!!

Música com o corpo "Barbatuques"

"TEMPO...TEMPO...TEMPO... VOU TE FAZER UM PEDIDO"

O Ponto de Mutação de Fritjof Capra

A TEIA DA VIDA...

Educação Ecológica... Entevista com Capra.

Humberto Maturana e Ximena - Encontro... Reflexão... 1 de 8 vídeos

REPORTAGEM: Brincadeiras

Professora Vania Cavalari Psicomotricidade. ...

entre no site e assista a entrevista http://www.sabertv.net/portal/mediacenter/view/276/psicomotricidade/

POESIA DE AMOR...

texto "O direito de ser criança" de Ruth Rocha e som "Dias Melhores" de Jota Quest.

EDUCAR...

Limites...

<a href="http://video.msn.com/?mkt=pt-BR&amp;from=sp&amp;vid=0f517149-43f6-4d81-b88c-e520ef3b4d42" target="_new" title="Como lidar com o filhos dos outros">Video: Como lidar com o filhos dos outros</a>

Brincar é aprender...

Aprendendo sempre... PSICOMOTRICIDADE

http://www.animacorpus.net/psicomotricidade/

APRENDER E EDUCAR.

EDUCAR E BRINCAR... CRESCER...

Aprender...Educação Infantil.

Educar e aprender...

Infância- Tempo de construir valores...

Educar... filho faz por imitação...

Educar e aprender... Transformação...

Video = Ciência estuda o que e passa no cérebro dos bebês

Educar... Aprender...

EDUCAR E BRINCAR. APRENDER COM A NEUROCIÊNCIAS...

PROJETO RESGATE DA PSICOMOTRICIDADE ATRAVÉS DOS RECURSOS NATURAIS.

A EMOÇÃO ESTAR NO AR....

MEU AMIGO BICHO!!!!!