sábado, 20 de novembro de 2010

MAIS EDUCAÇÃO...

Estamos chegando mais um final de ano, sempre aparecem as novidades, muitas expectativas... Depois de alguns convites, resolvi assumir um compromisso especial, na verdade um grande desafio...

Coordenar na escola o Programa Mais Educação me pareceu de certa forma um presente, pois precisamos acreditar no fazer da Educação como possibilidades de grandes transformações...

Conhecia muito pouco da proposta do programa e fui dar uma olhada em seus documentos... Conhecer melhor... Olhar com olhos de aprendiz... Da curiosidade, despertamos para aprender a aprender...

“Ninguém ensina ninguém
Tampouco ninguém aprende sozinho
Os homens aprendem em comunhão
Mediatizados pelo mundo”
Paulo Freire

CONVERSAR SOBRE EDUCAÇÃO INTEGRAL

O que é educação integral?

Como estimular as potencialidades das crianças e adolescentes?

Como se aprende?

Por que aprender em grupo?


“O desafio dos novos tempos é o da construção das novas estruturas que sustentarão os sistemas educativos, articulando na prática a malha de serviços e de projetos necessários para garantir que a criança e o jovem possam desenvolver-se integralmente. A cooperação entre os vários espaços e processos de educação pode ser um motor importante para ultrapassar os obstáculos ao acesso, à permanência e ao sucesso escolar e para melhorar a qualidade da aprendizagem e a qualidade de vida das crianças e adolescentes brasileiros.”


ESTUDO SOBRE O PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO

Série Mais Educação - 3 cadernos)

*caderno 2, p. 6 e 7, conceituação, operacionalização e implementação.

1. Gestão Intersetorial no Território (p.18)

2. Educação Integral (p.16 e 17)

3. Rede de saberes Mais Educação (p.27, 28 e 29)

CD mais educação

ü Cadernos Cenpec

ü Muitos Lugares para Aprender

ü Tecendo Redes

Entre outras publicações


Entre leituras e outras, vamos construindo juntos novos saberes...

O APRENDIZADO SE DÁ QUANDO COMPARTILHAMOS EXPERÊNCIAS, E ISSO SÓ É POSSÍVEL NUM AMBIENTE DEMOCRÁTICO, ONDE NÃO HAJA BARREIRAS AO INTERCÂMBIO DE PENSAMENTO”

John Dewey

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Movimento + Feliz: investir na educação traz felicidade


POR UM BRASIL MAIS PRÓSPERO

Movimento + Feliz: investir na educação traz felicidade

A iniciativa defende a ideia de que pessoas com mais conhecimento têm mais oportunidades na vida e, consequentemente, são mais felizes. Por isso, quer incentivar a realização de projetos sociais que visem a melhoria da educação

- A A +

Mônica Nunes/Débora Spitzcovsky
Planeta Sustentável - 29/10/2010

Criado pelo publicitário e administrador de empresas Mauro Motoryn, o movimento + Feliz acredita que o acesso à educação possibilita o aumento da renda da população e, por isso, aumenta a sensação de bem-estar e felicidade entre as pessoas. Segundo estudo realizado em julho de 2010 pela revista internacional Forbes e pelo instituto de pesquisas Gallup, o Brasil ocupa a 12ª posição no ranking dos países mais felizes – em uma lista de 155 nações –, mas, para o + Feliz, ainda há muito a ser feito para melhorar o índice de felicidade no país.

Por conta disso, o movimento pretende incentivar o maior número possível de pessoas, de todos os segmentos da sociedade, a promover em suas comunidades projetos sociais criativos, que visem amelhoria da educação no país.

Até agora, uma porção de membros da classe empresarial, artística e política, além de representantes de ONGs e da sociedade civil, se comprometeram a aderir à causa e participar e incentivar, de alguma maneira, ações que visem a promoção do conhecimento formal e informal. Para aumentar o número de adeptos, em janeiro, o movimento ainda lançará, nas mídias de todo o Brasil, um videoclipe com a música-tema do + Feliz, que contará com a participação de uma série de artistas, como Toni Garrido, Fafá de Belém, Timbalada e Happin Hood.

A longo prazo, o + Feliz pretende incluir o direito à busca por felicidade no artigo 6 da Constituição brasileira, já que é dever do Estado prover educação a todos os cidadãos. Um projeto sobre o assunto já está sendo discutido na Câmara e no Senado, em Brasília.

Quem quiser participar do movimento, pode ajudar doando tempo ou dinheiro a alguma ação do + Feliz ou, ainda, disseminando o ideal do movimento em redes sociais como Twitter e Facebook. Para saber mais, acesse o site da iniciativa e assista, abaixo, ao vídeo do movimento.

Leia também:
Felicidade para todos
Felicidade em boa conta

*Movimento + Feliz

http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/desenvolvimento/movimento-feliz-educacao-oportunidade-prosperidade-brasil-606402.shtm
l

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

EDUCAÇÃO!!!

É PRECISO ENTENDER>>>REFLETIR

SEUS FILHOS

Crianças de 5 anos poderão entrar no ensino fundamental em 2011

A condição, entretanto, é que já tenham cursado pelo menos dois anos de pré-escola. Entenda a resolução do CNE (Conselho Nacional de Educação)



Shutterstock



O ano está quase no fim e você já está pensando sobre a matrícula do seu filho. Então, saiba que vem uma novidade por aí. Crianças que já cursaram pelo menos dois anos de pré-escola poderão ser matriculadas no ensino fundamental aos 5 anos de idade, não importa quando completem 6 anos. A determinação valerá tanto para as escolas públicas como para as privadas.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União nesta quarta (20 de outubro) e deverá ser regulamentada pelos Conselhos de educação dos Estados, dos municípios e do Distrito Federal. A resolução publicada nesta quarta também orienta para que as matrículas na pré-escola sejam feitas aos 4 anos. Antes disso, as crianças deveriam freqüentar creches ou berçários.

A polêmica sobre a idade de corte para entrada do aluno no ensino fundamental começou em 2007, quando uma lei ampliou de oito para nove anos a duração dessa etapa escolar. Com isso, os alunos deveriam ingressar obrigatoriamente na escola aos 6 anos e não mais aos 7, como ocorria antes. Como uma tentativa de regularizar a situação, o CNE (Conselho Nacional de Educação) publicou, no início de 2010, uma norma de que apenas as crianças que completem 6 anos até 31 de março sejam aceitas na hora da matrícula. A ideia é ter uma mesma recomendação para algo que, atualmente, depende de cada Estado ou município, e que vem causando grande confusão para os pais e polêmica entre os educadores e governos. (leia mais sobre o assunto aqui).

Com as medidas publicadas nesta semana, o MEC acredita que o fluxo de ingresso no ensino fundamental esteja organizado até 2012. Ou seja, se secretarias só matricularem na pré-escola crianças com 4 anos completos (ou a completar até 31 de março do ano letivo), elas entrarão com 6 anos no primeiro ano.


comentários

Camila - Guarulhos/SP | 25/10/2010 11:35

Minha filha tem quatro anos e esta no pré escola, em 01/02 ela completa 5 anos, ela esta sendo alfabetizada junto a crianças que ja vao engressar no 1.º ano, a pergunta é? minha filha podera ingressar no 1.º ano também??? Obrigada


carla da silva santos - Rio de Janeiro/RJ | 21/10/2010 02:34

Bao tarde! Tenho duvidas qto a matricula da minha filha de 05 anos, que esta no Jardim III, pois ano q vem (2011) vou matricula- em outra escola, posso fazer essa matricula p/ o 1º ano do Ens. fund., ela fara 05 anos em setembro de 2011. Gostaria de um esclarecimento. Desde ja obrigada!!


Fernanda - Cosmópolis/SP | 14/10/2010 11:32

Acho muito errada essa lei pq minha filha fara 5 anos em maio de 2011 e minha sobrinha fara 4 em março 2011 e vão estudar na mesma sala com 10 meses de diferença na idade. Gostaria muito que fosse revista esta lei.


rakel mota - Rio de Janeiro/RJ | 28/09/2010 04:53

minha filha já fez jd1,jd2 e jd3,agora gostaria de matricular ela no 1 ano,o que é certo,+ não posso porque ela só completará 6 anos em maio/2011,acho 1 pouco de exagero essa lei,as crianças do séc 21 sãpo + adiantadas do que as passadas.


Andréa cardoso lima - Caçapava/SP | 21/09/2010 12:55

minha filha vai fazer 6 anos no dia 27 de junho de 2011 como pode ir para a 1º ano ela só aprendeu a pintar colar e agora em julho a professora apresentou as letras e olha ela foi aos 3 ano para o infantil 1 que tava misturado com o infantil 2 olha que a professora me procurou e pediu que eu ensinase em casa as letrascerto eu ajudo mais criança aprende melhor em grupo na sala de aula.



FAMÍLIA VERDE... SOMOS...

Concurso Mundial de Pintura Infantil promove a conscientização ambiental

As inscrições vão até o dia 28 de fevereiro de 2011 e podem participar crianças que tenham entre 6 e 14 anos


Crescer


Giovanna Lummy Mori Oda, de 12 anos (a pintura dela é essa aí ao lado).

Giovanna Lummy Mori Oda





Se o seu filho adora retratar a natureza, agora os desenhos dele têm a chance de ser premiados! Para isso, você precisa inscrevê-lo na 20° edição do Concurso Internacional de Pintura Infantil promovido pela Bayer em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Dessa vez, o tema escolhido é “Vida nas Florestas”, já que a ONU declarou 2010 como o Ano Internacional das Florestas. O objetivo da ação é estimular a consciência ambiental nas crianças e alerta-lás sobre a importância de preservar e cuidar do planeta. Tudo isso feito de maneira lúdica, por meio do desenho.

Na ultima edição, 600 mil crianças de 95 países foram inscritas, e a grande campeã foi a chinesa Tin Chin Coco, de 14 anos. Como destaque nacional tivemos Giovanna Lummy Mori Oda, de 12 anos (a pintura dela é essa aí ao lado). O desenho da menina ganhou o primeiro lugar na categoria 12-13 anos no Brasil e conquistou a quarta posição no mundo.

O concurso é divido em duas etapas, a nacional e a internacional, sendo que a fase brasileira se divide em quatro categorias: de 6 a 7 anos, de 8 a 9, de 10 a 11 e de 12 a 14 anos. Os três primeiros colocados em cada categoria ganham, na ordem, um laptop, um aparelho de MP4 e um kit de desenho.

Na etapa internacional, todos os participantes brasileiros concorrem, independente se ganharam ou não na fase nacional, em uma única categoria com crianças da América Latina, América do Norte, Europa, África, Ásia-Pacífico e Ásia Ocidental. Os prêmios variam entre quantias em dinheiro e uma viagem com acompanhante para a Conferência Internacional Tunza* de Crianças e Adolescentes sobre o Meio Ambiente em Taejon, na Coréia do Sul.

Como inscrever o seu filho

Primeiro, ele precisa desenhar em folha sulfite A4 ou A3 algo relacionado ao tema desse ano (Vida nas Florestas). A criança pode usar lápis de cor, giz de cera ou qualquer outro material que desejar, desde que não retrate uma pessoa em particular, nem uma organização ou marca. É importante lembrar não há um limite de desenhos por criança, mas ela não poderá receber mais do que um prêmio por desenho. No verso do trabalho deve constar o nome completo, idade, data de nascimento, endereço completo, telefone e e-mail dos concorrentes, conforme o solicitado no formulário.

Depois, é preciso preencher uma ficha e termo de cessão de uso de imagem disponíveis no site concursodepintura.bayer.com.br. Os documentos e desenhos devem ser enviados para a Bayer (veja o endereço no site) num envelope intitulado “Concurso de Pintura Bayer”. Os critérios para julgamento dos desenhos serão criatividade e adequação ao tema. Os vencedores do Brasil serão conhecidos no dia 20 de abril de 2011. Além de se divertir desenhando - e "correr o risco" de ganhar um prêmio - é mais uma oportunidade para ensinar as crianças a amar a natureza.

* A palavra “tunza” significa “tratar com cuidado ou afeição” em suaíli (a língua sub-regional mais comum dos países do Leste da África).

http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI181476-17334,00-CONCURSO+MUNDIAL+DE+PINTURA+INFANTIL+PROMOVE+A+CONSCIE

links patrocinados

domingo, 24 de outubro de 2010

MAR...AMAR...VIVER A VIDA PERTO DO MAR...

NOTÍCIAS DO MAR...AMAR...VIVER A VIDA PERTO DO MAR...

EDUCAR PARA A SUSTENTABILIDADE...

DIÁRIO DO NORDESTE

CADERNO: CIDADE

REPORTAGEM ESPECIAL (18/10/2010)

´Povos do Mar´ repercute entre especialistas

Clique para Ampliar

FAC-SÍMILE: trabalho jornalístico foi publicado ontem, no Caderno Regional. Correspondente percorreu 16 comunidades

18/10/2010

Material reconhece o protagonismo das comunidades do litoral na luta por direitos, cultura e modo de vida

As comunidades que vivem na zona costeira do Ceará tiveram uma cobertura jornalística totalmente dedicada a elas. Publicada ontem no Caderno Regional do Diário do Nordeste, a reportagem especial "Vida e luta dos povos do mar" repercutiu positivamente entre estudiosos do tema no Estado e em sites de organismos e movimentos sociais que atuam na promoção social das comunidades nativas de áreas litorâneas do País.

O jornal foi elogiado pela elaboração das matérias que alertam sobre um caminho para a vida sustentável no planeta. O material será usado para debate nas escolas dos povos do mar.

O Fórum de Defesa da Zona Costeira do Ceará parabenizou o trabalho jornalístico publicado ontem. As matérias foram replicadas nos blogs dos municípios litorâneos e está prevista a utilização do material para debate nas escolas.

"A imprensa é o espelho de uma nação. Nesse processo de construção da identidade do Ceará, o Caderno Regional do Diário do Nordeste dá sua contribuição todo dia ao mostrar a cara do nosso Interior. A reportagem foca no homem e nas suas relações com a natureza", afirmou Ariosto Holanda, deputado federal, professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) e ex-secretário de Ciência e Tecnologia do Ceará.

Próximas gerações

Sobre a reportagem, o especialista comentou, ainda, que "é um brado de alerta que indica caminhos da sustentabilidade e o bom uso da tecnologia. Se não soubermos usar nosso grande patrimônio natural, vai faltar para a nossa e as gerações vindouras". Já o professor do Curso de Direito, especialista em Direito Ambiental e vereador de Fortaleza, João Alfredo, ressaltou ser importante "que se reconheça o protagonismo dos povos do litoral na luta por direitos, cultura, trabalho e modo de vida".

As 12 páginas que compõem a reportagem tratam dos modos de vida de etnias indígenas, de negros remanescentes de quilombos e de mestiços que, por várias gerações, habitam a zona costeira cearense. A região era pouco urbanizada e só virou forte atrativo econômico a partir dos anos de 1970.

O correspondente Melquíades Júnior visitou 16 comunidades nos litorais leste e oeste, percorrendo cerca de 2.400 quilômetros. A matéria enfocou os conflitos envolvendo a pesca predatória da lagosta, a instalação de fazendas de camarão e de usinas eólicas, a ameaça à fauna e à flora pelo manejo predatório dos recursos naturais, bem como a difusão do turismo agroecológico e sustentável desenvolvido por comunidades.

As mulheres pescadoras ganharam destaque e tiveram a oportunidade de reivindicar políticas públicas para a categoria, mostrar os pratos desenvolvidos na culinária de Cascavel para o Festival da Sardinha, o artesanato em Acaraú e as lendas e músicas dos índios Jenipapo-Kanindé, em Aquiraz.

Soluções

As comunidades de Icapuí e Caucaia pediram soluções para conter o avanço do mar sobre as casas, e os jovens puderam expor pinturas, desenhos e textos sobre o que pensam do mar.

"O mais importante de ter feito este trabalho foi poder evidenciar a dinâmica das lutas de reafirmação das singularidades culturais desses povos, que há muito tempo acompanhamos jornalisticamente de perto", ressaltou o correspondente Melquíades Júnior.

Confira a matéria

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=869590

FELICIDADE COMPARTILHADA. PAI E FILHO...RSRSR.

FELIZ ANIVERSÁRIO!!! E SEMPRE A NOSSA AMIZADE... ALEGRIAS...

'Menino Maluquinho' faz 30 anos, mas continua com cara de 8

Personagem invade Google e vira um dos termos mais comentados no Twitter na comemoração da data

24 de outubro de 2010 | 12h 09

'Menino Maluquinho' faz 30 anos, mas continua com cara de 8
Personagem invade Google e vira um dos termos mais comentados no Twitter na comemoração da data
24 de outubro de 2010 | 12h 09


Os internautas foram supreendidos neste domingo por um menino. Um maluquinho. Tanto o Google como o Twitter foram tomados pela figura da criação mais famosa do cartunista Ziraldo. O motivo: o Menino Maluquinho completa 30 anos neste domingo, embora ainda tenha cara de 8 ou 9. Na mesma data, seu criador faz 78.

Como sempre faz em efemérides, o símbolo do Google muda para fazer alusão ao personagem. Em vez da letra 'o', aparece a cabeça do personagem - vestindo uma panela. No Twitter, 'Maluquinho' e 'Ziraldo' viraram trending topics (a lista dos termos mais falados). Além disso, um site especial foi montado para comemorar a data. Para visitar, clique aqui.

O Menino Maluquinho nasceu em 1980, com um livro publicado por Ziraldo. É uma obra que continua a fazer sucesso - e continua a mais vendida do autor. Em 30 anos, foram mais de 2,5 milhões de cópias comercializadas. Além disso, foi adaptada para cinema em dois longa-metragens - um de 1994 e outro de 1997. Um terceiro, Menino Maluquinho 3 - O que Você Está Fazendo no Meu Sonho?, se encontra em fase de produção.

E, agora que chega a 30 anos, o menino não vai crescer? "Personagem não cresce. Esse negócio do Mauricio (de Sousa, desenhista) é uma violência com a Mônica. Até acho que está dando certo do ponto de vista editorial, mas a gente não tem que envelhecer personagem. Personagem é uma instituição, uma entidade, e não um ser. Eu tenho um menino de 8, 9 anos chamado Menino Maluquinho e pronto. Se fosse assim, o Tintim(personagem do francês Hergé) devia ter mais de 50 anos", disse Ziraldo em entrevista ao JT há um ano.

FAZENDO COM AMOR!!!!!!

FAZENDO COM AMOR!!!!!!

EDUCAR E BRINCAR...

PROJETO RESGATE DA PSICOMOTRICIDADE ATRAVÉS DOS RECURSOS NATURAIS.

TRAILERS - SLIDES - •Documentários, Entrevistas

EDUCAÇÃO - AMBIENTE - DESENVOLVIMENTO - POLÍTICA - ATITUDE - CULTURA 

NOSSOS MESTRES NA LITERATURA INFANTOJUVENIL

A voz do autor no rádio...

Falar e ouvir... uma questão pessoal...

Um pouco de sua história...

Conversando com autores...

Tatiana Belinky, a escritora que queria ser Emília...

Histórias que nos acompanham...

PAI DA TURMA DA MÔNICA...

Uma contadora especial...

Histórias para ouvir e contar... O clássico mundial A Árvore Generosa.

A ARTE DE CONTAR HITÓRIAS...

A História Mais Longa do Mundo (adaptação)

História Marcelino Pedregulho (adaptação)

Divirtam-se... CRIANÇAS.

Projeto UCA

CAMINHO JOVEM... ESPERANÇA!!!!

Música com o corpo "Barbatuques"

"TEMPO...TEMPO...TEMPO... VOU TE FAZER UM PEDIDO"

O Ponto de Mutação de Fritjof Capra

A TEIA DA VIDA...

Educação Ecológica... Entevista com Capra.

Humberto Maturana e Ximena - Encontro... Reflexão... 1 de 8 vídeos

REPORTAGEM: Brincadeiras

Professora Vania Cavalari Psicomotricidade. ...

entre no site e assista a entrevista http://www.sabertv.net/portal/mediacenter/view/276/psicomotricidade/

POESIA DE AMOR...

texto "O direito de ser criança" de Ruth Rocha e som "Dias Melhores" de Jota Quest.

EDUCAR...

Limites...

<a href="http://video.msn.com/?mkt=pt-BR&amp;from=sp&amp;vid=0f517149-43f6-4d81-b88c-e520ef3b4d42" target="_new" title="Como lidar com o filhos dos outros">Video: Como lidar com o filhos dos outros</a>

Brincar é aprender...

Aprendendo sempre... PSICOMOTRICIDADE

http://www.animacorpus.net/psicomotricidade/

APRENDER E EDUCAR.

EDUCAR E BRINCAR... CRESCER...

Aprender...Educação Infantil.

Educar e aprender...

Infância- Tempo de construir valores...

Educar... filho faz por imitação...

Educar e aprender... Transformação...

Video = Ciência estuda o que e passa no cérebro dos bebês

Educar... Aprender...

EDUCAR E BRINCAR. APRENDER COM A NEUROCIÊNCIAS...

PROJETO RESGATE DA PSICOMOTRICIDADE ATRAVÉS DOS RECURSOS NATURAIS.

A EMOÇÃO ESTAR NO AR....

MEU AMIGO BICHO!!!!!